Crie seu próprio Site Grátis! Templates Incríveis em HTML5/CSS3, Galerias de Fotos, Widgets, Publicação do Site e muito mais!
Lição 7 -15/05/2016
Lição 7 -15/05/2016

EBD JOVENS E ADULTOS - LIÇÃO 7

 
A Vida Segundo o Espírito 
  • Esvaziar-se de si mesmo:

 

Filipenses 2.7 “antes, a si mesmo se esvaziou, assumindo a forma de servo, tornando-se em semelhança de homens; e, reconhecido em figura humana”

O maior exemplo de vida no Espírito é a pessoa do Senhor Jesus. Contudo Ele se esvaziou de si mesmo, ao contrário de muitas pessoas que quanto mais pensam ser espirituais, mais estão cheias de si.

Estar cheio do Espírito de Deus é uma experiência pessoal e para isso é preciso esvaziar-se de si mesmo, porque não há como estar cheio de si e de Deus ao mesmo tempo.

É importante ter um relacionamento com Deus. Falar, orar, meditar, ler, louvar, ouvir, entender e sentir o que o Senhor fala a nossas vidas, usando nossa consciência, a Bíblia, as pessoas, os dons espirituais ou a forma como quiser falar, podendo ser até mesmo audível.

O consolador veio para convencer o mundo do pecado, do juízo e da justiça. A obra do Espírito Santotransforma o pecador em salvo, o salvo em santo e o santo em servo.

Você está cheio de suas opiniões?

Esvazie-se de si mesmo!

 

II – Encher-se de Deus: Efésios 5.18 “não vos embriagueis com vinho, no qual há dissolução, mas enchei-vos do Espírito”

O Espírito de Deus é Santo e santificador, portanto viver a vida no Espírito é ser guiado por Deus em tudo, tendo a Bíblia como orientação, como luz para o caminho (Salmo 119.105) com o fim de alcançar a santidade bíblica.

Viver no Espírito não nos leva a uma vida só espiritual e esotérica, mas nos conduz à plenitude cristã nos relacionamentos com o próximo e com o mundo, principalmente levando-nos a desejar para as outras pessoas esse viver no Espírito Santo de Deus.

Deus mandou seu Espírito para todos os que creem como uma bênção sem acepção de pessoas, bastando querer, pois “todos quantos creram em seu nome, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus” (João 1.12). Somos um reino de sacerdotes (II Pedro 2.9), temos acesso direto a Deus e a seu poder, não precisando de intermediários (II Timóteo 2.5).

Sabemos quem é um/a lavrador/a quando o/a vemos trabalhando e ao vermos os seus frutos. Assim também podemos saber que uma pessoa vive a vida no Espírito, quando a vemos fazendo as obras e colhendo os frutos do Espírito de Deus. Alguém que diz ter o dom de plantar, mas não planta e não colhe, não é um lavrador. É preciso demonstrar visivelmente aquilo que somos, porque “pelos frutos conhecereis” (Mateus 7.20).

Você deseja ser cheio da presença do Espírito Santo?

           

CONCLUSÃOViver a vida no Espírito é viver com Deus e viver com Deus é muito bom. Por isso precisamos chegar ao conhecimento dessa boa notícia. Os discípulos ao receber a virtude do Espírito Santo, receberam o poder para testemunhar de Cristo, levando à salvação muitas vidas. Essa é a consequência de se viver a vida no Espírito de Deus: levar pessoas a conhecer Jesus.

Você tem vivido na carne ou no Espírito?

 

 

BONS ESTUDOS

PROF.J.DIONISIO